Gazeta São Mateus

1ª CIA do 38º BPM/M abre as portas para as escolas e entidades

1ª CIA do 38º BPM/M abre as portas para as escolas e entidades

1ª CIA do 38º BPM/M abre as portas para as escolas e entidades
julho 03
11:04 2018

A1ª Companhia do 38º Batalhão da Polícia Militar Metropolitana, sediada em São Mateus tem promovido ações em que abre as portas do quartel para visitação de crianças entre 07 e 12 anos de idade, moradores das comunidades próximas e matriculados nas escolas públicas locais. A iniciativa é do Capitão Milton Paula, que falou com a reportagem, e de seus comandados.
A ideia central é desmistificar a impressão que se tem da polícia apenas e tão somente como no combate aos crimes, geralmente envolvidas e requisitadas em situações de problemas ou conflitos. A Polícia Militar tem como função principal, entre outras, a prevenção e a repressão nos casos de ocorrência de delitos.
Segundo o comandante é, também, criar oportunidades para incutir algo de bom nas crianças. Abrem o quartel para em algumas ocasiões conviver com as crianças; explicam um pouco sobre a função de polícia e o seu funcionamento permitindo que as crianças andem internamente nas viaturas, uma de suas principais atrações. Também oferecem as crianças um teatro de fantoches, mesma atividade desenvolvida, por vezes, com o programa PROERD.
Uma das últimas atividades envolveram os estudantes da escola Rosa Pinto com bom número de participantes. Outro grupo de alunos que visitaram o quartel, em outra ocasião, gostou tanto da vista que posteriormente enviou uma cesta de doces e muitas cartas dos estudantes demonstrando sua felicidade e seu deslumbramento com o que puderam presenciar e vivenciar no dia da visita. “Todas as cartas continham agradecimento”, explicou o capitão.
O Capitão Milton explicou que esses eventos não interferem em nada na rotina das viaturas e nas ações do dia-a-dia da companhia que mantém toda suas tarefas. Antes de por em curso as atividades que de certa forma promove a aproximação com a comunidade, o capitão solicitou autorização e foi autorizado pelos superiores. A partir dai fizeram contatos com as escolas tomando o cuidado de também não atrapalhar a dinâmica interna das aulas e desde então vem desenvolvendo as atividades.
A iniciativa tem sido muito oportuna em função mesmo das características da região bastante carente, quando esse encontro, entre estudantes e polícia, surge como um momento de lazer, além do efeito pedagógico. A ocasião é ainda contempla visita ao lago dentro da unidade policial e o lanche que é servido aos visitantes. “As crianças passam momentos marcantes e em geral a felicidade é visível nos rostos dos participantes. Como já disse, a maioria faz questão de registrar o seu contentamento”, informa.
Por iniciativa e sugestão dos policiais ali alocados, também é feita campanha de agasalhos, roupas e calçados para doações. Na mais recente mais de 4 mil peças no total foram conseguidas através de doações pessoais e de articulação dos policiais. Estas doações foram distribuídas em quatro asilos de idosos, um albergue público municipal, uma creche e ainda sobrou para atendimento de outros locais.
Ao final destacou o maior índice de ocorrências
Perguntado pela reportagem o capitão destacou que o roubo de veículos e cargas, mais em função das características demográficas da região que inclui parte do Rodoanel, são as ocorrências mais frequentes e que tem recebido da PM o combate necessários. Os números, entretanto, segundo o capitão está dentro dos níveis toleráveis, apesar de não desejáveis.
A Ia Companhia do 38º Batalhão da Polícia Militar Metropolitana está localizada na Avenida Bento Guelfi com a Sapopemba e segundo o capitão encontra-se de portas abertas para a comunidade. (LM/JMN)

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment