Gazeta São Mateus

Casa do Norte Recordações Nordestinas 24 anos de Sucesso

Casa do Norte Recordações Nordestinas 24 anos de Sucesso

Casa do Norte Recordações Nordestinas 24 anos de Sucesso
setembro 03
18:05 2018

A melhor Cozinha típica Nordestina da região
Por acreditar no potencial do povo sofrido, migrante oriundo do nordeste principalmente, mas também de outras regiões é que Gerimário de Araújo é hoje um empresário de sucesso na periferia de São Paulo. Vinte e quatro anos antes ele abriu uma portinha modesta de seu restaurante Recordações Nordestinas para exatamente manter viva a lembrança culinária dessa rica região brasileira para um número cada vez mais crescente de nordestinos em São Mateus.
“Acreditei que podia sim de alguma forma propiciar até mesmo para as mais modestas pessoas, a maioria de trabalhadores uma culinária e atendimento de qualidade coisa que ao longo dos anos nos esforçamos muito para manter”, explicou.
Ao longo desses anos fez o que sabia fazer de melhor e um número sempre crescente de clientes que viraram amigos e amigos que viraram clientes da rica culinária disponível no restaurante cujo carro chefe é o delicioso Caldo de Mocotó.
Açaõ Social
Gerimário poderia apenas estar inserido na comunidade através do negócio, mas o apoio familiar e a índole e o senso humanitário do empresário falou mais alto e desde há muito tempo promove ações sociais significativas. “Essa é também uma parte importante para a gente e até mesmo como forma de gratidão pelo que temos conseguido de frutos na região. Na medida do possível, quando podemos, ajudamos ao outro, ao mais carente e essa é uma das melhores coisas que o ser humano pode fazer”, diz.
Durante muitos anos Gerimário arrecadava sozinho prendas, brindes e alguns recursos para promover festas no dia das crianças nas áreas mais carentes da região, sempre com grande impacto em termos de participação. Sua ação foi servindo de exemplo e a participação de outras pessoas foi crescendo também.
“Muito antigamente juntava um pouco de recussos, comprava doces e balas e distribuía até que um dia minha filha, então com 7 anos, sugeriu que eu promovesse um jantar no restaurante com a finalidade de divulgar e aumentar o número de voluntários e patrocinadores o que deu muito certo”. Tanto assim que no ano passado foram certa de 500 pessoas participando do jantar de arrecadação de recursos e a estimativa é de um número ainda muito maior de apoiadores este ano. Por essa razão, atualmente a distribuição nas áreas carentes é um espetáculo à parte durante a circulação de uma espécie de comboio dado o grande número de veículos ajudando nas ações do dia das crianças e a celebração do Natal.
Se durante o dia das crianças a distribuição é franqueada e pública os recursos arrecadados para o Natal já é distribuído através de grupos, entidades com seus respectivos cadastros.
Vez ou outra Gerimário e apoiadores mais próximos arrecadam recursos para montar cestas básicas. Uma dessas ocasiões foi para distribuir para famílias que atualmente estão nas proximidades e debaixo das parte elevadas do rodoanel.
Muito trabalho e desprendimento
Gerimário é um homem simples, trabalhador e que soube tirar bom proveito do serviço que oferece com qualidade, entretanto é despojado de ganância porque tem consciência que o homem (os humanos) não tem nada fixo e permanente além de valores morais e espirituais que pode carregar por toda a vida. “O que é belo, com o tempo pode se tornar feio; o que é firme pode se tornar frágil; o que é acumulo material não serve para vida toda; o dinheiro vem e vai”, e por ai vai, raciocinando.
Atualmente as atividades do restaurante geram emprego para mais de 20 pessoas, fruto da demanda crescente do restaurante que é gerido com muito esforço, estudo, persistência e cuidados para manter a qualidade e a freguesia.
O empresário e família passam a maior parte de suas vidas trabalhando na região o que o coloca em condição privilegiada para avaliar a situação local. Gerimário passou por essa e tantas outras crises econômicas às vezes com maior ou menor dificuldade e sabe bem sobre as carências do local como um todo na questão da ausência de oferta dos serviços públicos essenciais de saúde, transporte, educação, habitação, segurança etc., como também sabe que as saídas sempre serão pela política com “p” maiúsculo. “Como a maioria das pessoas, trabalhamos pesadamente; mulher, esposa, filhos e colaboradores para manter e melhorar a qualidade de nossos serviços sem onerar os frequentadores”, esclarece para quem imagina que é fácil.

Serviço – o Restaurante ‘Recordações Nordestinas’ fica na Avenida Sapopemba, 16048 JD.Rodolfo Pirani , oferece um dos melhores caldos de mocotó da região, além do Jabá Jardineira feito na manteiga de garrafa que vem conquistando mais e mais apreciadores, além de uma lista de outros produtos da culinária regional.

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment