Gazeta São Mateus

Gazeta São Mateus completa 25 anos sempre de olho nos fatos

Gazeta São Mateus completa 25 anos sempre de olho nos fatos

Gazeta São Mateus completa 25 anos sempre de olho nos fatos
janeiro 31
11:51 2018

Lucy Mendonça, a diretora deste jornal, assumiu um compromisso público com a comunidade há 25 anos: tornar-se o porta-voz de toda a comunidade de São Mateus em sua longa, insistente, dificultosa, mas decidida caminhada ao futuro, ao século XXI. Não pretendia com o jornal orientar, determinar, ensinar, mas, sim, prestar o serviço que consideramos da maior importância durante praticamente todo esse período: dar vez e voz a comunidade organizada, em processo de organização, aos poderes locais em todas e quaisquer questões de interesse público e comunitário.
Vinte e cinco anos é uma longa travessia, repleta de dificuldades, de incompreensões, de erros não intencionais, de decepções com as coisas e pessoas, mas também, é bom que se diga, de muito reconhecimento, de respeito e até mesmo carinho com a nossa tarefa que é de refletir tanto quanto possível nosso mundo, nosso tempo, os diversos jeitos e formas de ver e operar com as coisas.
Fazer um veículo de comunicação por tanto tempo é muito mais arriscado do que possam imaginar os leitores. Para quem pretende fazer um trabalho honesto com um alto compromisso com a verdade possível de ser estabelecida e com um comportamento leal até mesmo com os adversários e desafetos tem os riscos potencializados ou multiplicados por mil. Lucy e equipe enfrentou e enfrenta todos os problemas com a cabeça erguida. Acertando muitas, errando outras, mas sempre de maneira leal, respeitosa e bem intencionada.
Fez e vem fazendo o veículo que tem sido possível dentro das condições dadas, quase sempre de poucos recursos financeiros e humanos. O retorno que um jornal de natureza regional dá aos leitores, ao poder público e a sociedade local é sempre infinitamente superior aos resultados que apresenta como empresa, como negócio. Lucy, a exemplo de outros abnegados donos de jornais que trabalham com ética e sem rabo preso com interesses escusos, sabe que a lida é difícil, mas não desiste. Tem-se sempre, muito mais reconforto moral, ético do que financeiro.
Depois de tanto tempo e tantas contribuições à sociedade local pode-se dizer que os envolvidos no funcionamento do jornal acabam fazendo cada edição mais por ‘amor à causa’ do que qualquer outra razão. Fazer jornal com dignidade e ética exige responsabilidade e uma compreensão clara de que diferente de outras atividades mais rentáveis trata-se ao final de quase um sacerdócio e quem o exerce dificilmente abre mão dessa nobre tarefa. Na dúvida pergunte a diretora se ela deixaria de fazer o jornal, apesar das dificuldades, incompreensões e, por vezes, até boicotes. A resposta, muito provavelmente será não.
E é isso que esperamos dessa nossa colega de sempre, nossa parceira regular. Queremos a Gazeta São Mateus na nossa frente, sob nossos olhos para, atentos, lermos, entendermos e podermos participar de uma forma mais qualificada e melhor da nossa comunidade.
A Gazeta faz vinte e cinco anos agora, mas a sua maioridade já está estabelecida desde as primeiras edições. Que ela se mantenha forte, altiva, honrada e atuante. A comunidade saomateuense agradece. (JMN)

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment