Gazeta São Mateus

Igreja Santa Adélia comemora Jubileu de Ouro

Igreja Santa Adélia comemora Jubileu de Ouro

Igreja Santa Adélia  comemora Jubileu de Ouro
dezembro 18
11:30 2018

A Paróquia Santa Adélia em São Mateus completa em 2018, 50 anos de sua instalação. Diversas comemorações foram feitas ao longo deste ano com o jovem padre Jonathan recém-vindo de Brasília para assumir a continuidade dos trabalhos feitos ao longo de todo o período. Com menos de um ano em São Paulo, padre Jonathan passou um tempo em paróquia no Jardim Santo André, também em São Mateus.
Ordenado em 2013 ele vem aprofundando seu conhecimento da região. Sua primeira semana foi de visitas às localidades em contato com comerciantes e famílias. “Chegar à paróquia por ocasião dos seus 50 anos é um privilégio que pretendo devolver em bons serviços”, explica.
Durante a conversa deixou transparecer que tem afinidades e ligação com a renovação carismática, linha de conduta da igreja católica que entre outras coisas reafirma o caráter da pratica religiosa constante. O faz porque tem a compreensão de que os tempos estão mudando e o exercício da fé católica é menos intenso que tempos atrás. Se em algum tempo a influência do padre era muito importante para as famílias e a sociedade entre os católicos, o tempo, os costumes e as mudanças nas relações complexas da sociedade relativizou esse papel.
Jonathan explica o óbvio que é a crescente falta de respeito com as coisas sacras num contexto de falta de respeito entre as próprias pessoas e o afrouxamento da fé militante coletiva. Para ele, não defender os pilares da fé e prática católica pode implicar em o catolicismo perder a identidade que outrora era de suma importância. Não há que se negar o papel da Igreja Católica ao longo de toda sua existência. Não há como contestar, por exemplo, que o próprio desenvolvimento das cidades em séculos anteriores se dava a partir da existência da Igreja local. Registre-se também que coube a igreja católica os primeiros hospitais, asilos, escolas e a harmonização da vida em comunitária, ou seja, papel de destaque no formato da civilização. “Hoje a falta de humanidade, o enfraquecimento da fé e ausência nas missas e celebrações é crescente. Novos tipos de religiosidade, new age, o crescimento do pentecostalismo, a descrença contribuem para a situação desfavorável da igreja católica; mesmo assim, munidos pela fé e pelo trabalho, vamos continuar”, reflete.
Comemorações
“Este ano a paróquia Santa Adélia comemora seus 50 anos e felizmente ainda tem boa expressão neste bairro. Vamos nos empenhar em manter esse interesse e ampliá-lo em nossos esforços de desenvolver também a vocação entre os jovens”, explica o Pe. Jonathan que, afinado com a movimentação da emissora Canção Nova, promove encontros regulares e cada vez mais ampliados com os jovens católicos para incentivar a participação e, também, para despertar vocações como a dele de servir a igreja como membro dela.
Jonathan explicou que no segundo semestre deste ano teve oportunidade de participar numa dessas atividades com quase mil jovens; em sua maioria, católicos, que dão ou irão dar suas contribuições o que o deixou esperançoso e animado.
Recém-chegado a Santa Adélia, Jonathan registra diferença entre esta e a comunidade anterior no Jardim Santo André onde esteve. Se aqui as pessoas são mais estruturadas na sua relação com a igreja, de forma mais tradicional e regular, no Jardim Santo André, com acentuada presença nordestina, essa relação é mais fluida e menos orgânica apesar da religiosidade típica. No Jardim Santo André também é perceptível os efeitos da desagregação familiar “filhos de pais separados, filhos sem pai, muita ociosidade, certo abandono estão mais presentes no Jardim Santo André e a prática da fé católica é menos orgânica”, explora.
Padre Jonathan diz que dará continuidade aos bons trabalhos que já são levados pela paróquia através dos leigos. “Este ano tivemos desde teatro com crianças, show sertanejo e country, uma forte quermesse e outras atividades relativas às comemorações. Fizemos caminhadas da ressurreição de porta em porta, ou seja, atividades todos os meses. Em algumas com a presença de outros padres e convidados. O próprio encerramento do jubileu será com Dom Luiz Carlos, bispo da região”. Fora isso é continuar mantendo o trabalho de prospecção vocacional junto aos jovens das comunidades para fortalecimento da igreja enquanto instituição presente e atuante.
Finalizando Padre Jonathan demonstrou estar muito feliz por chegar à paróquia onde está disposto a deixar o melhor de si.

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment