Gazeta São Mateus

Terceira Idade de São Mateus tem atenção especial de liderança

Terceira Idade de São Mateus tem atenção especial de liderança

Terceira Idade de São Mateus tem atenção especial de liderança
abril 19
12:51 2018

Deise Achilles é uma daquelas lideranças ativas de São Mateus com atuação em distintas áreas que vão da saúde, ao zelo pelos idosos e adolescentes e participante ativa das demandas aos poderes públicos com as intermináveis necessidades do distrito composto por São Mateus, São Rafael e Iguatemi onde se concentram mais de um milhão de moradores.
Participa do Conselho Municipal do Idoso, do Fórum do Idoso da Prefeitura Regional de São Mateus e do Fórum da Zona Leste e atualmente faz parte da assessoria do deputado estadual Pedro Kaká (Podemos/SP).
Na sua caminhada pelos bairros onde reside e atua desenvolve, há tempos, atividades que envolvem, principalmente viabilizando opções lúdicas e de lazer para adolescentes. Nessa caminhada percebeu que a Terceira Idade, em números crescentes na região, não tem as mesmas oportunidades além das dificuldades de representatividade e de sensibilização da sociedade quanto aos direitos dos idosos, alguns sacramentados em lei, mas, em geral, não respeitados.
“Comecei a procurar alternativas e a sair em eventos de lazer com idosos. Inicialmente no SESC de Itaquera. Isso já há muitos anos. Eram passeios com custo zero aos participantes”. Deise disse que em 2007 celebrou um convênio com o Hopi Hare para que os idosos da Associação dos Moradores do Jardim da Conquista pudessem utilizar de tempos em tempos o equipamento de forma gratuita. “Só pagávamos os custos do transporte. O nosso convênio só foi alterado a partir de um acidente ocorrido no equipamento anos atrás. Atualmente o Hopi Hare oferece essa cortesia às pessoas com necessidades especiais e esse é um grupo que nem sempre é fácil organizar”, esclarece.
Mais recentemente a liderança conheceu os idosos que se reúnem na UBS do Parque São Francisco e se emocionou com as necessidades deles que não saiam para nenhuma atividade fora as corriqueiras. “Eles estavam esquecidos, não saiam para lugar algum. Levei-os ao SESC e voltamos ao equipamento com cada vez mais idosos participando. Em algumas ocasiões fornecemos até alimentação regular durante o passeio”.
Em outra ocasião, por conta da comemoração do Dia da Mulher foi realizado um café comunitário com presença expressiva dos idosos que colaboraram modestamente para o café.
Os idosos organizados através dos esforços da liderança também participam daqueles jogos coletivos que congrega comunidades de todos os cantos da cidade e do interior. Essa possibilidade tem a ver com a resposta positiva dos grupos aos esforços da liderança que consegue essas façanhas em algumas ocasiões com o apoio de voluntários distintos.
A presença de Deise Achilles entretanto extrapola a ação social autônoma. Ela em várias oportunidades oferece apoio aos programas institucionalizados como, por exemplo, o Programa de Acompanhamento do Idoso – PAI onde oferece ajudas pontuais. Deise viabilizou a entrega de uma cadeira de rodas nova a um dos equipamentos de saúde pública do município que não dispunha de nenhuma. Além disso já conseguiu com que um profissional serralheiro vá providenciar a reforma de duas outras da mesma unidade que estão sem condições de uso.
Em meados deste ano a liderança pretende organizar uma festa junina em escola particular da região apenas com a ajuda dos funcionários e voluntários que serão bem vindos. Esse evento, todo ele voltado para a Terceira Idade não inibe a participação de quem quiser ajudar e participar.
Com ajuda à missionária tem ajuda de volta
Deise ainda registrou para a reportagem uma das emoções recentes. Lembra que atendeu pedido da Missionária Conceição, na região da Conquista, às vésperas do Natal, com um número de brinquedos que a missionária estava precisando para atender seus acolhidos. Qual foi a surpresa que dias após o evento; viabilizado pela doação da liderança, ela recebeu de volta uma cesta básica que, de fato, Deise Achilles ainda precisava para atender uma família que acompanha e socorre mais de perto. Deise confessa que estava aflita para poder fazer essa ação individualizada.
Como se vê, tem certas pessoas que dado o seu desprendimento e esforço para melhoria das condições de vida das comunidades tem que ser lembradas. Deise Achilles, a moda dela, é uma delas.

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment