Gazeta São Mateus

Idosos reclaman das dificuldades de acesso na UBS Conquista II

Idosos reclaman das dificuldades de acesso na UBS Conquista II

Idosos reclaman das dificuldades de acesso na UBS Conquista II
agosto 30
11:31 2017

O atendimento a cadeirantes inexiste e existem muitas dificuldades para o atendimento as pessoas da terceira idade na unidade básica de saúde – UBS Conquista II, no jardim que leva o mesmo nome. A sugestão e o acompanhamento da reportagem foram de Deise Achilles, liderança que participa de diversos conselhos incluso o do Idoso.
Optamos pela ilustração que melhor explica a situação com que se deparam os moradores que precisam daquele serviço de saúde pública. Dentro da unidade, a depender do atendimento que será feito são 35 lances de escadas. Muito excepcionalmente, conta Deise, a depender da emergência os médicos ou técnicos da unidade fazer um atendimento esporádico no piso térreo para pessoas que não tem condição alguma de subir e descer escadas. Registre-se, conforme diz a liderança; são atendimentos excepcionais.
A própria chegada à unidade dos diversos pontos não são amistosos. Onde não falta espaço suficiente de calçada, falta conservação, nivelamento. Impossível transitar pelas calçadas e ruas os cadeirantes; muitos deles que também precisam de atendimentos na unidade.
As dificuldades com a mobilidade nas proximidades e dentro da própria unidade também afeta o cotidiano dos trabalhadores. Muitos deles sobem e descem os 35 lances de escada várias vezes ao dia. Outro detalhe observado é a falta de segurança que atinge as pessoas que circulam pelo local, mas pontualmente os servidores que trabalham no local. Já houve alguns registros de furtos de objetos dentro dos veículos estacionados, quando não eles próprios.
Deise diz que têm sido relatados casos de quedas nas escadas dentro da unidade. Para ela os seis ou sete anos que a unidade ali está instalada já era tempo suficiente para se perceber que é preciso buscar outro local mais adequado. “Se a municipalidade paga o aluguel da unidade, poderia ser em outro local com toda a acessibilidade exigida pelos padrões”, enfatiza.
Fora isso, a situação dos idosos no Jardim da Conquista estimado em cerca de 20% da população tem poucas ofertas de outros serviços e de lazer. Segundo Deise a média da terceira idade nos três distritos é de 40% dos moradores. Enquanto liderança o conselho do idoso viabiliza algumas atividades de congraçamento, em geral junto a programas e atividades desenvolvidas em nível municipal e até estadual quando se consegue a participação destes. É o caso, por exemplo, dos jogos abertos que realizados em unidades do SESC e alguns Ceu´s. Na região, no Ceu São Mateus.
Deise ainda lembra o projeto de instalação da Vila dos Idosos, uma das indicações e promessas na região de São Mateus que resumidamente é a construção de unidades em loteamento para abrigar idosos autossuficientes e que dispõe de algum recurso para custeio, do tipo, aposentadoria, por exemplo. “O plano é instalar umas 350 casinhas nas proximidades do Ceu São Mateus, até mesmo para facilitar o uso do equipamento e a socialização do futuro morador”. Quando isso vai acontecer, nenhuma pista foi encontrada.

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment